MPEs

O acúmulo de dívidas e a dor de cabeça dos empresários


Em recente estudo feito pelo SEBRAE, em parceria com o IBGE, as Micro e Pequenas Empresas (MPEs) representam cerca de 3 milhões de empresas que enfrentam sérios problemas financeiros que as tem levado a acumular dívidas ou mesmo tendo que optar pelo encerramento de suas atividades.


Ainda de acordo com esse levantamento, estima-se que até o mês de julho tenha se somado R$ 106 bilhões em passivos acumulados, que são passíveis de judicialização (processos na justiça). Isso sem considerar nessa conta, os Micro Empreendedores Individuais (MEIs), que ficaram de fora desse estudo. Esse volume é representado por gastos com pessoal (folha de pagamento), aluguéis, gastos com suprimentos, matérias-primas e serviços correlacionados.

Obviamente que esse quadro se deve ao impacto da pandemia sobre o faturamento das empresas, cujo percentual acumulado de queda estima-se em uma média de 51%, entre varejo e serviços.


Apesar da disponibilização de verbas e políticas de incentivo pelo Governo, apenas 8% das empresas obtiveram sucesso para acessar linhas de crédito.


A principal dificuldade relatada pelos empresários, para a recusa de acesso ao crédito, foi estarem com seus CPNJs e/ou CPFs negativados. Ou seja, mesmo antes do fator da pandemia tê-los afetado, já havia dificuldade em cumprir compromissos. E, em decorrência disso, se dá o agravamento de processos na justiça de cobradores para reaver seus valores. Sobrecarga das empresas, sobrecarga de bancos e financeiras, sobrecarga na justiça.

O que fazer então?

O SEBRAE tem se posicionamento para estabelecer um diálogo e cobrar revisão dos procedimentos que o Governo pode adotar pra dar mais chances às empresas de conseguirem se normalizar.

Enquanto isso, é imprescindível que se faça uma revisão contábil extremamente cuidadosa para evitar que o empresário, certamente sufocado, de forma açodada, tome decisões que lhe acarretem mais problemas que soluções.

Para isso, a CT Contábil conta com um comitê especial em sua equipe que entende e atende empresários que não estão conseguindo lidar com essa situação, orientando e assessorando sobre os caminhos corretos para equacionar e racionalizar suas decisões.

Ligue e venha conversar com a gente: (81) 3038 0138 | 3037 3695 | 3129 0015 | 3327 3061, pelo e-mail contato@ctcontabil.com.br ou pelo whatsapp (81) 9 9977 2790.

#faturamento #receitafederal #bancos #dívidas #liquidez #sebrae #selic #juros #crédito #investimentos #contabilidade #lucratividade #rendafixa #ctcontabilesuaempresaativa

3 visualizações

Todos os direitos reservados © 2020 por CT Contábil